A singularidade de Deus e sua graça

“…e que não há outro Deus, senão um só.” I Coríntios 8.

O que seria de nós sem a boa mão do Senhor? Muitas vezes, diante dos nossos conhecimentos, nos achamos habilidosos para desvencilhar dos infortúnios deste mundo vil. Contudo, nos esquecemos que Deus tem sido gracioso em TODO TEMPO para conosco.

Nas lutas do dia a dia, ELE tem sido fiel e complacente. Somos confrontados, diariamente, por um sistema capitalista que tenta desvalorizar a criatura de Deus por meio da precariedade que é a distribuição de renda. A tal dignidade está sendo posta à prova.

Lembremo-nos que esta, como descreve a lei magma que rege este país, é um elemento básico e de extrema importância para os cidadãos. Mas, nos dias de hoje, o quesito humanismo está se esvaindo aceleradamente. O que é noticiado pela grande mídia é a banalização humana.

O que nos acalenta é saber que o mestre maior, Jesus Cristo de Nazaré, é singular nas suas escolhas. Na sua “carta” maior, o livro sagrado, em Romanos 8.17, ele diz que SOMOS herdeiros de Deus. É uma afirmativa indescritível! Ou seja, o melhor que pode nos conceder é ser chamado co-herdeiro das suas promessas. Que glória!
Portanto, caros amigos, desejo-lhes uma semana DIGNA. Até porque, a boa mão do Senhor está estendida para o seu lar. Então, siga em frente. 
Um forte abraço!

Sobre o autor: Leandro Silva, 35 anos, é, modéstia à parte, caxiense, casado com Aline Junior, autor do livro “Pais e Filhos”, professor, coordenador do Colégio Frônesis Christian School. Amante da literatura brasileira, do jornalismo investigativo, teatro e comida caseira.